Tributário


Qual o melhor regime tributário para clínicas odontológicas?

Você dentista, está em dúvida de como escolher o melhor regime tributário para a sua clínica? Entenda o que é preciso levar em consideração.

Cuidar da saúde financeira do seu negócio é essencial para que alcance as suas metas e consiga se manter lucrativo e próspero. Esse equilíbrio nas contas envolve todas as etapas do projeto, desde o planejamento até relacionamento com os clientes.

É muito importante que clínicas odontológicas saibam o Regime Tributário para enquadramento de sua empresa. Esse dado ajuda muito a reger o negócio e a pagar menos impostos. Já que é essencial recolher os impostos e manter a operação legalizada. Mas existem opções que são menos custosas e mais lucrativas para o dentista e sua clínica.

Os modelos de regime tributários são: Lucro Real, Lucro Presumido e Simples Nacional. Sendo que, cada um deles possui suas peculiaridades e é indicado para determinados tipos de empresas. No entanto, não existe fórmula mágica na hora de escolher a qual aderir.

Vamos conversar sobre cada um e, assim, te ajudar a fazer a melhor opção para a sua clínica odontológica.

Simples Nacional

Esse é o regime tributário mais conhecido dos pequenos e médios empresários. Por isso, uma grande lista de atividades é contemplada por ele, incluindo os negócios de clínicas médicas e odontológicas.

O Simples Nacional agrupa oito tributos no seu cálculo, o que torna a organização e a gestão mais fácil. Ou seja, sua intenção é justamente simplificar o pagamento de tributos, por isso o nome. Assim, os impostos agrupados são: IRPJ, CSLL, PIS/PASEP, COFINS, IPI, ICMS, ISS e CPP.

O cálculo é feito utilizando uma tabela própria que sofre frequentes atualizações, sempre avaliando a faixa de renda bruta do negócio para determinar o recolhimento de cada alíquota. Portanto, fique sempre atento a essas mudanças ou contrate um contador que tenha esse cuidado por você.

Lucro Presumido

Nesse regime de tributação, a determinação da alíquota a ser paga pela empresa é feita por meio de uma margem de lucro específica, que varia de acordo com o ramo de atuação do negócio.

Diferentemente do Simples Nacional, dois impostos precisam ser recolhidos caso opte por esse regime: IRPJ (Imposto de Renda Pessoa Jurídica) e a CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido). No entanto, não é por ter menor número de impostos que esse modelo é melhor que o Simples.

Lucro Presumido e Simples Nacional são as escolhas da maioria dos consultórios odontológicos, pela facilidade e simplicidade dos cálculos e recolhimentos dos tributos.

Lucro Real

Escolhendo o regime tributário de Lucro Real, o cálculo da alíquota a ser paga será feita por meio do lucro líquido que a empresa apresentar durante o ano fiscal.

Ao contrário dos outros dois modelos, nesse não existe estimativa da faixa de lucro. Dessa forma, ao decidir utilizá-lo, a clínica precisa manter todos os seus valores e suas transações financeiras atualizadas e organizadas. Somente com os valores reais de ganho em mãos é possível calcular o IRPJ e a CSLL.

Nessa modalidade o custo com contabilidade aumenta, já que o controle deve ser mais rígido. Além disso, é um enquadramento indicado para empresas que têm prejuízo fiscal durante o ano ou que faturam acima de 78 milhões de reais.

Nós podemos te ajudar

A ContaDr. é especializada em cuidar da saúde financeira de negócios da área da saúde para que o Dentista e o Médico possam lidar exclusivamente com seus pacientes e também para que tenham mais tempo em suas vidas pessoais. Oferecemos as soluções que mais se adaptam ao seu contexto, aliando alta qualidade com um custo justo.

Por fim, não hesite em entrar em contato conosco para tirar alguma dúvida, entender melhor algum serviço oferecido ou baixar nosso e-book especial sobre planejamento tributário para profissionais da saúde e clínicas.

Clique aqui para acessar nosso site e esteja a um passo de colocar a sua clínica odontológica como referência no ramo, agregando eficiência financeira aos serviços de qualidade que você já oferece.


Leia também: O que os dentistas devem saber na hora de procurar um contador?

Resumindo

Qual o melhor Regime Tributário pra minha Clínica?

Depende! Se você tem funcionários, se tem lucro ou prejuízo, quanto fatura por ano e assim vai. Mas, de forma geral, recomendamos o Simples Anexo III. Para saber mais entre em contato com a ContaDr.

Como funciona o Planejamento Tributário?

A ideia é pagar menos impostos legalmente. Para isso a Contabilidade Especializada em Dentistas vai estudar as características da sua clínica para lhe enquadrar no melhor Regime Tributário além de lhe repassar informações gerenciais para você ter mais dinheiro no fim do mês.

Quais impostos um Dentista deve pagar?

Primeiramente é importante dizer que impostos e Tributos são diferentes. Os impostos como ISS, ICMS, CSLL e várias outras siglas depende do serviço e produto que se vende. Já Os Tributos podem ser planejados com a ajuda de um Contador para onerar menos sua empresa ao longo do ano.

Sobre a Autora:

Adriana FrançaAdriana França

Sócia fundadora da ContaDr. e Especialista em Contabilidade para Profissionais da Área da Saúde

Linkedin contato@contadr.com.br

Contabilidade para Médicos e Dentistas

Outras publicações

Abaixo estão algumas publicações que podem te interessar

Enviar
1
💬 Precisa de Ajuda?
Olá 👋
Quero ser Cliente ContaDr.!