Me formei em Odonto, e agora?

Me formei em Odonto, e agora?


06/08/2020

Sabemos que, em geral, a realidade dos profissionais recém-formados em Odontologia é mais ou menos parecida: o que vou fazer agora? Com um mercado cada vez mais competitivo, terminar a faculdade e consolidar um negócio pode ser uma alternativa extremamente viável, além de outras opções interessantes de trabalho.

Quer saber como? Então, leia o post até o final e saiba o que fazer para conseguir o seu espaço no mercado odontológico.

Os desafios de um recém-formado em odontologia

Antes de mais nada, o profissional recém-formado na área sai da faculdade muitas vezes sem entender a situação do mercado. Como vários profissionais Odontológicos se formam todo ano, a competição por uma vaga se torna assídua, dificultando ainda mais os sonhos almejados.

Dessa forma, abrir uma clínica pode ser uma alternativa considerável em meio um mercado tão competitivo e burocrático para crescer em carreira.

4 dicas úteis de trabalho para dentista recém-formado

Confira abaixo algumas opções importantes para um dentista recém-formado no mercado. Veja a seguir:

1. Concursos públicos

Prestar concursos para trabalhar em Odonto na Polícia Militar, Forças Armadas e demais órgãos públicos é uma excelente opção. Principalmente para aqueles que estão no início de suas atividades e buscam estabilidade financeira. Contudo, concursos tendem a ser um caminho difícil em razão do número de concorrentes e ao investimento nos estudos, demandando mais tempo.

2. Carreira acadêmica

Pra quem gosta dessa área, existem diversas bolsas que auxiliam ao interessado a continuar estudando e seguindo a carreira acadêmica em instituições. Embora não seja bem remunerada, a área de pesquisa oferece um leque de possibilidades.

3. Clínicas Odontológicas

Adquirir um trabalho em clínicas odontológicas geralmente é a alternativa mais acessível para dentistas recém-formados. Por já ter uma quantidade de clientes se comparado ao consultório particular, o profissional terá uma gama de contatos com casos diferentes, apesar de a remuneração não ser agradável.

4. Consultórios particulares

Montar um consultório particular parece ser o sonho da maioria dos dentistas recém-formados. Se houver capital disponível, visando que o custo de uma clínica odontológica é alto, invista na abertura do negócio. A escalabilidade de uma clínica é contínua, pois com a fidelização de clientes no decorrer do tempo, o seu negócio tenderá a lucrar muito mais.

Como uma contabilidade pode ajudá-lo?

Se você tem um sonho de empreender na sua área, mas encontra dificuldades em processos rotineiros na abertura de firma por não ter o conhecimento necessário, uma contabilidade poderá te ajudar em todos os processos. O profissional não precisa estudar outras áreas para abrir um negócio, pois a contratação de serviços contábeis são um “ombro amigo” em diversos processos, como por exemplo:

– Diminuição do pagamento de impostos;

– Legalização de empresa;

– Serviços contábeis;

– Livro-caixa;

– Consultoria Web;

– Cadastro e Atualização no CNES;

– E demais serviços pertinentes.

Agora que você sabe os desafios de um recém formado na área odontológica, as principais dicas para se sobressair no mercado e no quanto uma contabilidade pode ajudar você na conquista de sua clínica, entre em contato conosco por meio do telefone, WhatsApp ou e-mail para contratar nossos serviços.


Leia também: O que é necessário para abrir meu consultório odontológico?

 

Sobre a Autora:

Adriana FrançaAdriana França

Sócia fundadora da ContaDr. e Especialista em Contabilidade para Profissionais da Área da Saúde

Linkedin contato@contadr.com.br


Gostou desta matéria? Receba mais informações importantes para o seu Negócio se inscrevendo na nossa Newsletter mensal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *