Os impactos do Coronavírus no processo de gestão das clínicas e consultórios

Os impactos do Coronavírus no processo de gestão das clínicas e consultórios


14/05/2020

A pandemia do novo Coronavírus já é uma realidade, e diversos países de todo o mundo, incluindo o Brasil, já vem tomando medidas para tentar controlar a curva de crescimento e propagação da doença. A principal medida tomada tanto aqui quanto nos outros países mais afetados é o isolamento social e a quarentena. Essa determinação tenta impedir que as pessoas tenham contato entre si e acabem colaborando com o avanço do vírus.

Porém, o isolamento social forçou a parada de todo o comércio e de vários dos principais serviços do cotidiano. Essa parada, por sua vez, acarreta um impacto extremamente negativo para a economia, abrindo espaço para uma nova crise que vai atingir diretamente todos os setores do país, inclusive o da saúde, fazendo com que diversos médicos acabem sofrendo consequências severas.

Os impactos do novo Coronavírus para clínicas e consultórios

Com os médicos na linha de frente do combate ao Coronavírus, participando de pesquisas e estudos sobre a doença e tratando dos pacientes, pode até ser uma surpresa imaginar que o setor também enfrentará grandes problemas. Mas, além das dificuldades geradas pela falta de médicos e de equipamentos, como respiradores e leitos, para cuidar de tantos casos, diversos médicos que têm a renda dependente de consultórios menores também estão ameaçados.

A lógica é similar à de uma empresa normal. Com o isolamento social, a maioria das pessoas vai deixar de procurar por profissionais de diversas áreas da medicina, como cirurgiões plásticos, dermatologistas, nutrólogos, gastroenterologistas e oftalmologistas, por exemplo, sendo que muitos deles dependem quase que exclusivamente da renda de consultas particulares e do trabalho do dia a dia em clínicas e consultórios.

Com a queda na procura, vem a queda no faturamento, ao passo que as contas pouco diminuem. O que pode levar diversos médicos a terem dificuldades.

Clínicas maiores tendem a ter planos de contingência ou reservas financeiras para enfrentar o momento de crise e devem sair com prejuízos menores. Enquanto isso, empresas de convênio pouco serão afetadas, já que dificilmente os clientes vão escolher cortar o plano de saúde, por exemplo.

Dicas para se manter na crise do Coronavírus

Passar por esse momento de crise não vai ser fácil para nenhum dos setores do país, e os médicos independentes e de consultórios menores terão que adotar algumas medidas durante o período. A primeira dica para escapar da crise é assumir da forma mais direta possível o processo financeiro do consultório, organizando todas as entradas e saídas de dinheiro.

Dessa forma, o médico tem muito mais controle e fica mais fácil determinar quais gastos precisam ser mantidos, quais deles devem ser cortados e quais devem apenas diminuir. Além disso, fica mais fácil determinar quais são as fontes de renda mais importantes a se manter, o que, por sua vez, pode ajudar no planejamento de soluções específicas. Por exemplo, preparar planos ou agendar consultas especiais para pacientes específicos do consultório.

Uma segunda dica é o investimento em consultas virtuais e na telemedicina. Essa é uma forma de manter o acompanhamento de pacientes e, ao mesmo tempo, garantir que todos estejam seguros, evitando o contato direto.

Claro que essa é uma forma menos eficaz de atendimento, já que praticamente impossibilita que o médico examine seu paciente, mas, ainda assim, pode ser uma forma de continuar gerando renda e de não abandonar os clientes.

O uso da medicina virtual também é uma importante ferramenta para a fidelização de seus pacientes. O período de quarentena pode fazer com que muitos deles acabem deixando de procurar sua clínica depois que o problema estiver controlado. Por isso, além da telemedicina, estratégias como marketing medicinal, uso de blogs para informação e contato frequente nas redes sociais se tornam formas importantes de manter o paciente.

Procurando serviços de contabilidade para seu consultório médico? Entre em contato conosco por e-mail, telefone ou WhatsApp e comece a potencializar o rendimento do seu trabalho.


Leia também: A importância da contabilidade no processo de abertura de uma clínica médica


Gostou desta matéria? Receba mais informações importantes para o seu Negócio se inscrevendo na nossa Newsletter mensal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *