3 dúvidas que todo médico possui e quer perguntar ao seu contador

3 dúvidas que todo médico possui e quer perguntar ao seu contador


07/05/2020

Médicos são profissionais que, em primeiro lugar, cuidam da saúde das pessoas. Mas também devem atentar-se para outra parte da saúde: a saúde financeira.

Na hora de organizar suas finanças e separar o que é pessoal e o que é patrimonial, muitos médicos ficam com dúvidas. Essas dúvidas podem ser sanadas junto ao contador.

Confira neste artigo, as três dúvidas que todo médico possui.

1 – É vantagem abrir uma empresa?

Essa é uma dúvida que os médicos possuem tão logo ingressam no mercado de trabalho. Com a abertura de uma empresa, o médico consegue reduzir sua carga tributária, um dos pontos chave para a gestão de suas finanças.

Como Pessoa Física o médico deve pagar 27,5% aproximadamente de imposto sobre seu faturamento. Através do Imposto de Renda, é possível deduzir despesas trabalhistas, o que pode ser uma vantagem em relação à tributação sobre um CNPJ.

Por outro lado, a empresa contará com uma fatia menor de imposto do que a Pessoa Física. Outra vantagem em relação à criação de uma empresa é a emissão de Nota Fiscal, exigência de muitos estabelecimentos de saúde.

O ideal é simular o cálculo junto ao contador antes de decidir qual opção vai lhe custar menos.

2 – Como funciona a abertura de uma empresa?

Para abrir uma empresa, é recomendado o auxílio de um contador. De qualquer forma, algumas dúvidas podem ser tiradas desde já.

Escolher a natureza jurídica da empresa é o primeiro passo para abri-la:

– Sociedade Simples;

– Sociedade Limitada;

– Empresa Individual;

– Empresa Uniprofissional Ltda.

Esta escolha vai depender de fatores como:

– Motivação para abrir a empresa;

– Faturamento estimado;

– É para trabalhar sozinho ou em sociedade?;

– É com o objetivo de emitir nota fiscal?

– Entre outros.

Após escolher a natureza jurídica, a empresa deverá ser registrada em diversos órgãos públicos, como:

– Junta comercial ou Cartório;

– Receita Federal;

– INSS;

– Conselho Regional de Medicina;

– Dentre outros.

O contador vai lhe ajudar com tudo isso, fique tranquilo.

3 – Quanto terei que pagar por mês?

Médicos possuem muitas dúvidas em relação ao pagamento de impostos mensais. E é importante tirar essa dúvida com o contador, pois é um fator determinante. Mas a resposta que o contador deve dar é que: depende do caso.

Existem duas opções de tributação mais comuns para empresas médicas: o Simples Nacional e o Lucro Presumido. A escolha entre eles vai impactar diretamente nos tributos mensais.

– Lucro Presumido: pagamento de 11,3% de tributos federais sobre o faturamento, mais ISS, que varia conforme o município, de 2% a 5%;

– Simples Nacional: primeira faixa de faturamento possui alíquota de 6,00% e aumenta conforme o faturamento. Na opção do simples todos os impostos Federais e Municipais estão dentro desta alíquota.

Os serviços prestados por uma assessoria contábil especialista em médicos

A contratação de uma assessoria contábil especialista no segmento da saúde pode trazer diversos benefícios. A relação próxima do contador com o médico vai lhe trazer tranquilidade para cuidar da saúde das pessoas.

Alguns dos benefícios são:

– Acompanhamento da Pessoa Jurídica e Física;

– Credenciamento em planos de saúde;

– Redução da carga tributária;

– Gerente de conta para cada cliente;

– Consultoria web, presencial ou por telefone;

– Cadastro e atualização do CNES.

Para contratar o serviço de especialista em contabilidade em saúde ou tirar outras dúvidas, entre em contato conosco através de nosso e-mail, WhatsApp, redes sociais ou telefone.


Leia também: A importância da contabilidade no processo de abertura de uma clínica médica


Gostou desta matéria? Receba mais informações importantes para o seu Negócio se inscrevendo na nossa Newsletter mensal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *